sábado, 16 de setembro de 2017

MÚSICA: HOMEM ARANHA - JORGE VERCÍLIO - COM INTERPRETAÇÃO/GABARITO

HOMEM ARANHA
  
                                                             Jorge Vercílio.
Eu adoro andar no abismo
Numa noite viril de perseguição
Saltando entre os edifícios
Vi você!...

Em poder de um fugitivo
Que cercado pela polícia
Te fez refém
Lá nos precipícios
Foi paixão à primeira vista...

Me joguei de onde o céu arranha
Te salvando com a minha teia
Prazer!
Me chamam de Homem-Aranha
Seu herói!...

Hoje o herói aguenta o peso
Das compras do mês
No telhado, ajeitando
A antena da tevê
Acordado a noite inteira
Pra ninar bebê...

Chega de bandido pra prender
De bala perdida pra deter
Eu tenho uma ideia:
Você na minha teia...

Chega de assalto pra impedir
Seja em Brasília ou aqui
Eu tive a grande ideia:
Você na minha teia...

Hoje eu estou nas suas mãos
Nessa sua ingênua sedução
Que me pegou na veia
Eu tô na tua teia...

Eu adoro andar no abismo
Numa noite viril de perseguição
Saltando entre os edifícios
Vi você!...

Em poder de um fugitivo
Que cercado pela polícia
Te fez refém
Lá nos precipícios
Foi paixão à primeira vista...

Me joguei de onde o céu arranha
Te salvando com a minha teia
Prazer!
Me chamam de Homem-Aranha
Seu herói!...

Hoje o herói aguenta o peso
Das compras do mês
No telhado, ajeitando
A antena da tevê
Acordado a noite inteira
Pra ninar bebê...

Chega de bandido pra prender
De bala perdida pra deter
Eu tenho uma ideia:
Você na minha teia...

Chega de assalto pra impedir
Seja em Brasília ou aqui
Eu tive a grande ideia:
Você na minha teia...

Hoje eu estou nas suas mãos
Nessa sua ingênua sedução
Que me pegou na veia
Eu tô na tua teia...

Chega de bandido pra prender
De bala perdida pra deter
Eu tenho uma ideia:
Você na minha teia...

Tenho um grande golpe pra impedir
Seja em Brasília ou aqui
Eu tive a grande ideia:
Você na minha teia...

Hoje eu estou nas suas mãos
Nessa sua ingênua sedução
Que me pegou na veia
Eu tô na tua teia...

COMPREENDO A MÚSICA
1 – Quem são os dois super-heróis citados na música?
      O Homem-aranha e o pai de família.

2 – Na frase “Eu tô na tua teia”, o que significa o termo “tô”? Qual a que classe gramatical dessa palavra?
      Significa estou. A classe gramatical é o verbo “estar”.

3 – A canção de Jorge Vercílio fala de um personagem tradicional de história em quadrinhos: o Homem-Aranha. Como o personagem é visto na canção?
      Como um herói que adora andar no abismo salvando vidas.

4 – No verso “saltando entre os edifícios”. O sentido da expressão grifada é de lugar.
      Copie do texto outro verso que apresenta o mesmo sentido (advérbio de lugar):
      “Me joguei de onde o céu arranha.”

5 – No final da canção, a “voz” do herói apaixonado declara que teve “uma ideia”: “Você na minha teia”. Os dois pontos usados após a palavra ideia, na construção do texto, servem para:
      (   ) Estabelecer condição.
      (   ) Despistar a atenção.
      (   ) Indicar uma dúvida.
      ( X ) Apresentar um fato.

6 – O que é um herói para você? Explique:
      Resposta pessoal do aluno.

7 – Qual a intenção do autor ao citar Brasília na última estrofe?
      Por ser Brasília a capital do país, lugar onde concentra os políticos na grande maioria corruptos.

8 – O texto se constrói com base em comparações. O que está sendo comparado?
       Compara o herói da ficção com o cidadão, pai de família que luta para sobreviver.

9 – Qual o tempo verbal predominante no texto em estudo? Justifique:
      Presente do indicativo, pois exprime um fato certo, uma certeza.

10 – Transcreva duas ocorrências do uso da linguagem coloquial, e depois passe-as para a linguagem culta:
      Tô / estou   -   tevê / televisão.

11 – Leia atentamente o trecho:
“Em poder de um fugitivo. Que cercado pela polícia Te fez refém lá nos precipícios”
Subentende-se um verbo que está oculto. Que verbo é esse?
      (   ) Ser;   (   ) Viver;   (X) Estar;     (   ) Parecer;    (   ) Ficar.

12 – A música é composta por duas estrofes, dividindo a vida do herói em antes e depois. Explique como era antes e como é hoje:
      Antes ele era herói das pessoas, e depois de conhecê-la foi paixão à primeira vista, e então virou provedor do lar.

13 – A primeira estrofe (o antes) está com o verbo “adoro” no presente. Reescreva-a, colocando-o no Pretérito Imperfeito do Indicativo e diga que efeito de sentido surgiu:
      Adorava. O sentido é que ele não faz mais isto.

14 – Na primeira parte da música há uma afirmação: o Homem Aranha é o herói. Na segunda parte, a pessoa continua afirmando ser herói, porém de uma maneira diferente. Qual a diferença (ou semelhança) desses “dois heróis”?
      É que ele passou a ser o herói da família que constituiu com sua amada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário