terça-feira, 3 de julho de 2018

TEXTO: ÁREA INTERNA - LEON ELIACHAR - COM INTERPRETAÇÃO/GABARITO


Texto: Área interna


        Morava no terceiro andar. Não havia vizinho, do quarto andar para cima, que não jogasse lixo na sua área. Sua mulher era uma dessas conformadas que só existem duas no mundo, sendo que a outra ninguém viu:
        -- Deixa isso pra lá, Antônio, pior seria se a gente morasse no térreo.
        Antônio não se controlava, ficava uma fera quando via cair cascas de banana, de laranja, restos de comida. Em época de melancia ficava quase louco, tinha vontade de se mudar. A mulher dizia:
        -- Tenha calma, Antônio, daqui a pouco as melancias acabam e você esquece tudo.
        Mas ele não esquecia:
        -- Acabam as melancias, vêm as jacas, acabam as jacas, vêm os abacates. Já pensou, Marieta? Caroço de abacate é fogo!
        Um dia chegou na área, e viu até lata de sardinha. Procurou para ver se tinha alguma sardinha, mas a lata tinha sido raspada. Se queimou. Falou com o síndico. Ele disse que era impossível fiscalizar todos os quarenta e oito apartamentos para ver quem é que atirava as coisas. Pensou em fechar a área com vidro. Mas pediram um dinheirão e, não decidisse dentro de sete dias, ia ter um aumento de trinta por cento. Foi à polícia dar queixa dos vizinhos. O delegado achou muita graça, disse que não podia dar educação aos vizinhos e, se pudesse, daria aos seus, pois ele morava no térreo e era muito pior.
                     Leon Eliachar. O homem ao zero. Expressão e cultura.

Entendendo o texto:
01 – O que significa a área interna?
      É a sacada do apartamento.

02 – Qual é o maior problema relatado no texto?
      Os vizinhos de cima que jogam lixo pra baixo, e caem na sacada do Sr. Antônio.

03 – Antônio e Marieta têm o mesmo comportamento? Explique.
      Antônio é exaltado, fica furioso. Marieta procura acalmá-lo com seus argumentos.

04 – Como você analisa o comportamento dos moradores do prédio?
      Resposta pessoal do aluno.

05 – Quais as atitudes que Antônio tomou quanto ao lixo jogado pelos vizinhos?
      Ele procurou o síndico, o mesmo alegou ser difícil saber quem é que jogava. Então ele resolveu ir a polícia e dar queixa dos vizinhos.

06 – Dê acordo com o texto, quantos apartamentos tinham no prédio?
      Possuía quarenta e oito apartamentos.

07- As atitudes tomada por Antônio estão corretas? Dê sua opinião.
      Resposta pessoal do aluno.

08 – Que relacionamento podemos fazer entre cidadania e o comportamento do Antônio?
      Ele estava procurando fazer valer sua cidadania, isto é, reclamar seus direitos, denunciando as atitudes erradas dos condôminos.

09 – Reescreva a frase, substituindo “a gente” por “nós”, fazendo as devidas concordâncias e acentuando a forma verbal:
Pior seria se a gente morasse no térreo.
      Pior seria se nós morássemos no térreo.

10 – Reescreva as frases, empregando os verbos na primeira pessoa do plural, fazendo as necessárias concordâncias e acentuando as formas verbais:
a)   Em época de melancia ficava quase louco, tinha vontade de se mudar.
Em época de melancia ficávamos quase loucos, tínhamos vontade de nos mudar.

b)   Disse que não podia dar educação aos vizinhos e, se pudesse, daria aos seus, pois morava no térreo.
Dissemos que não podíamos dar educação aos vizinhos e, se pudéssemos, daríamos aos nossos, pais morávamos no térreo.

c)   Ele não se controlava, ficava uma fera quando via cair casca de banana.
Nós não nos controlávamos, ficávamos umas feras quando víamos cair cascas de banana.

11 – Escreva no plural:
a)   Não havia vizinho educado.
Não havia vizinhos educados.

b)   O verbo haver variou no plural? Por quê?
Não variou, porque o verbo haver com o sentido de existir não varia no plural. Considera-se uma oração sem sujeito.

12 – Acabam as melancias, vêm as jacas e os abacates.
a)   Quantas orações temos acima?
Duas orações (dois verbos).

b)   Identifique os sujeitos das orações acima.
As melancias (na 1ª oração), as jacas e os abacates (na 2ª oração).

c)   As orações estão na ordem direta ou na ordem indireta? Por quê?
Estão na ordem indireta, porque na ordem direta o sujeito vem antes do verbo.

d)   Por que a forma verbal “vêm” está acentuada?
Porque concorda com o sujeito plural.

e)   Crie uma frase em que apareça a forma verbal “vêm”.
Resposta pessoal do aluno.



Nenhum comentário:

Postar um comentário