terça-feira, 31 de julho de 2018

POESIA: NAMORO DESMANCHADO - PEDRO BANDEIRA - COM INTERPRETAÇÃO/GABARITO


POESIA: Namoro Desmanchado

Já não tenho namorada
e nem ligo para isso
é melhor ficar sozinho
namorar só dá enguiço.



Eu conheço meus colegas
sei que vão argumentar
que pra não ser mais criança
é preciso namorar. 

Mas a outra só gostava
de conversa e de passeio
e queria que eu ficasse
de mãos dadas no recreio! 

E ali, sentado e quieto
no recreio da escola
de mãos dadas feito bobo
vendo a turma jogar bola!

Gosto mesmo é de brincar
Faça chuva ou faça sol
namorar não quero mais.
Eu prefiro o futebol!
                                                 BANDEIRA, Pedro. Cavalgando o Arco-íris.
São Paulo, Moderna, 1985.
Entendendo o texto:
01 – Porque o menino prefere ficar sozinho a ter uma namorada?
      Porque namorar só da enguiço.

02 – Que argumentos os colegas do menino usam para justificar que não são mais crianças?
      Que eles tem que namorar, só assim vão provar que não são mais crianças.

03 – O que a namorada do menino gostava de fazer durante o recreio?
      Ficar passeando e conversando de mãos dadas.

04 – O que deixava o menino aborrecido durante o recreio?
      Ter que ficar quieto e sentado sem poder jogar bola.

05 – O que o menino escolheu para se sentir bem?
      Escolheu o futebol em vez de namorar.

06 – Na sua opinião, o menino fez uma boa escolha?
      Resposta pessoal do aluno.

07 – Qual a mensagem que o título do texto traz?
      Que não compensa namorar, porque perde totalmente a liberdade.

08 – Quem é o autor? Onde foi publicado e em que ano?
      Pedro Bandeira. Foi publicado na Moderna em 1985.

09 – Qual é a sua opinião sobre o namoro?
      Resposta pessoal do aluno.

10 – De acordo com o texto o eu poético é:
      (  ) Narrador.
      (X) Narrador personagem.
      (  ) Personagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário