terça-feira, 17 de julho de 2018

FÁBULA: O PAVÃO E A GARÇA - ESOPO - COM INTERPRETAÇÃO/GABARITO


Fábula: O pavão e a garça.

        Era uma vez um pavão muito orgulhoso e vaidoso. Ele se gabava diante de todos de suas belas penas. Se chovia, ele ficava olhando seu reflexo empoças.
        -- Olhem só para a minha cauda! – dizia ele. – Vejam as cores das minhas penas. Como sou bonito! Devo ser a mais bela ave do mundo!
        Dizendo isso, ele abria a cauda como um leque e ficava esperando que alguém aparecesse para admirá-lo.
        As outras aves ficaram cansadas da pretensão do orgulhoso pavão e tentaram imaginar uma maneira de fazê-lo parar com aquilo. Foi a grande ave chamada garça que teve uma ideia.
        -- Deixem comigo – disse ela às outras. – Vou fazer o vaidoso pavão de tolo.
        Certa manhã, a garça passou pelo pavão. Como sempre, ele estava exibindo orgulhosamente suas penas.
        -- Vejam como sou belo! – exclamava ele. – Você é tão sem encantos e embotada, Garça. Por que não tenta ser um pouco mais esperta?
        -- Suas penas podem ser mais bonitas do que as minhas – disse a garça calmamente – Mas vejo que você não pode voar. Suas belas penas não são fortes o suficiente para levantá-lo do chão. Posso ser embotada, mas as minhas asas podem me levar para o céu!

        Moral: “Podemos perder de um lado, mas ganhar de outro”.
                                                  Esopo. Fábulas de Esopo. Recontadas por
                                                               Graeme Kent. São Paulo. Loyola, 1995.
Vocabulário:
Vaidoso: aquele que deseja que os outros o admirem
Tolo: bobo, tonto.
Se gabava: elogiava a si mesmo.
Pretensão: vaidade exagerada.
Embotada: simplória, pouco esperta.

Entendendo a fábula:

01 – Por essa o pavão não esperava, não é mesmo? Por falar nesse personagem, anote no caderno as palavras que, de acordo com o texto, indicam características dele.
        ORGULHOSO – ESPERTO – BONDOSO – VAIDOSO – ESTUDIOSO – PRETENCIOSO.
        Essas características são próprias de animais ou de seres humanos?
      Orgulhoso, vaidoso, pretencioso. São características próprias de seres humanos.

02 – Nas fábulas, os personagens são, geralmente, animais ou objetos que agem e pensam como se fossem pessoas. Em sua opinião, por que os fabulistas usam animais ou objetos agindo como pessoas em vez de colocar as próprias pessoas?
      Resposta pessoal do aluno. Esopo, usava animais como personagens para, assim, criticar o comportamento das pessoas sem correr o risco de ser punido.

03 – Toda fábula traz uma moral, que normalmente é apresentada no final do texto, por meio de uma frase. Sabendo disso, em seu caderno, responda:
a)   Qual é a moral da fábula “O pavão e a garça?
“Podemos perder de um lado, mas ganhar de outro.”
b)   Você concorda com essa moral? Por quê?
Resposta pessoal do aluno.

04 – Releia um trecho da fábula: “Era uma vez um pavão muito orgulhoso e vaidoso. Ele se gabava diante de todos de suas belas penas.”
Nesse trecho, há uma palavra que está sendo utilizada para substituir o nome pavão. Identifique essa palavra e copie-a no caderno.
      Trata-se da palavra ele.

05 – Que sinal de pontuação foi usado no texto para indicar a fala dos personagens?
      O travessão.

06 – Vamos reler o trecho do texto:
        “Certa manhã, a garça passou pelo pavão. Como sempre, ele estava exibindo orgulhosamente suas penas.
        -- Vejam como sou belo! – exclamava ele. – Você é tão sem encantos e embotada, Garça. Por que não tenta ser um pouco mais esperta?”
        No primeiro parágrafo, a palavra garça aparece escrita com letra minúscula. Em sua opinião, por que ela foi escrita com letra maiúscula no segundo parágrafo?
      No segundo parágrafo, a palavra garça foi escrita com letra maiúscula, provavelmente, por referir-se ao nome próprio do animal.

07 – Leia os provérbios a seguir e transcreva no caderno aquele que poderia ser atribuído à fábula “O pavão e a garça”.
·        Quem ama o feio bonito lhe parece.
·        Não há beleza sem senão.
·        Devagar se vai longe.
·        Antes tarde do que nunca.

08 – Para você, a fábula “O pavão e a garça” é uma narrativa longa ou curta?
      As fábulas são narrativas curtas.

09 – Em sua opinião, há quanto tempo as fábulas têm sido contadas? Qual das alternativas abaixo está correta?
a)   Há 10 anos.
b)   Há 100 anos.
c)   Há 1.000 anos.
d)   Há mais de 1.000 anos.

10 – Comente sobre seus sentimentos e suas reações ao ler essa fábula.
      Resposta pessoal do aluno.




Nenhum comentário:

Postar um comentário