segunda-feira, 30 de julho de 2018

MÚSICA: LINDA ROSA - MARIA GADÚ - COM INTERPRETAÇÃO/GABARITO


Música: Linda Rosa
                                  Maria Gadú

Pior que o melhor de dois
Melhor do que sofrer depois
Se é isso que me tem ao certo
A moça de sorriso aberto    

Ingênua de vestido assusta
Afasta-me do ego imposto
Ouvinte claro, brilho no rosto
Abandonada por falta de gosto

Agora sei não mais reclama
Pois dores são incapazes
E pobres desses rapazes
Que tentam lhe fazer feliz

Escolha feita inconsciente
De coração não mais roubado
Homem feliz, mulher carente
A linda rosa perdeu pro cravo

Pior que o melhor de dois
Melhor do que sofrer depois
Se é isso que me tem o certo
A moça de sorriso aberto

Ingênua de vestido assusta
Afasta-me do ego imposto
Ouvinte claro, brilho no rosto
Abandonada por falta de gosto

Agora sei não mais reclama
Pois dores são incapazes
E pobres desses rapazes
Que tentam lhe fazer feliz

Escolha feita inconsciente
De coração não mais roubado
Homem feliz, mulher carente
A linda rosa perdeu pro cravo

Homem feliz, mulher carente
A linda rosa perdeu pro cravo.

                                       Composição: Gugu Peixoto / Luis Kiari.
Entendendo a canção:

01 – O que o eu lírico quis dizer nos versos:
        “Pior que o melhor de dois
         Melhor do que sofrer depois
         Se é isso que me tem o certo
         A moça de sorriso aberto.”
      Neste trecho assimila uma dúvida do eu lírico, ou seja, parte dela acredita que está fazendo uma escolha amorosa correta e parte acredita que está fazendo uma escolha errada, porém ela tem dúvida em qual decisão tomar.

02 – A expressão “Ingênua de vestido assusta”, podemos perceber que existe alguma diferença entre ela e outras meninas?
      Sim. Ela é mais reservada, talvez seja de alguma denominação religiosa, na qual tenha que se porta e se vestir diferente das outras meninas.

03 – O eu lírico diz que a vida que ela vive a torna afastada da sociedade pelas regras que a sociedade dita. Em que verso está?
      “Afasta-me do ego imposto.”

04 – No verso: “Escolha feita inconsciente”, o eu lírico revela o quê?
      Aqui ela fala sobre a sexualidade dela que já nasceu com ela, no caso a homossexualidade.

05 – Analise os seguintes versos:
a)   “De coração não mais roubado”
(Sem paixão, uma escolha pelo lado “racional” ou por carência / conveniência).

b)   “Homem feliz, mulher carente”.
(O “escolhido” ficou feliz pela “conquista”, mas ela carente por ter sufocado “o seu outro lado”).

c)   “A linda rosa perdeu pro cravo.”
(Linda Rosa evoca o feminino “a moça” e cravo o masculino “o escolhido”, a moça ficou em desvantagem em relação ao “masculino”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário