sexta-feira, 27 de julho de 2018

FÁBULA: O BURRO QUE VESTIU A PELE DE UM LEÃO - ESOPO - COM INTERPRETAÇÃO/GABARITO


Fábula: O burro que vestiu a pele de um leão

        Um burro encontrou uma pele de leão que um caçador tinha deixado largada na floresta. Na mesma hora o burro vestiu a pele e inventou a brincadeira de se esconder numa moita e pular fora sempre que passasse algum animal. Todos fugiam correndo assim que o burro aparecia. O burro estava gostando tanto de ver a bicharada fugir dele correndo que começou a se sentir o rei leão em pessoa e não conseguiu segurar um belo zurro de satisfação. Ouvindo aquilo, uma raposa que ia fugindo com os outros parou, virou-se e se aproximou do burro rindo:
        —    Se você tivesse ficado quieto, talvez eu também tivesse levado um susto. Mas aquele zurro bobo estragou sua brincadeira!

        Moral: Um tolo pode enganar os outros com o traje e a aparência, mas suas palavras logo irão mostrar quem ele é de fato.

Fábulas de Esopo. Tradução Heloisa Jahn.
São Paulo: Companhia das Letrinhas, 1.994. p. 70
Entendendo a fábula:
01 – No trecho “Mas aquele zurro bobo estragou sua brincadeira”, a palavra sublinhada refere-se à brincadeira:
(X) do burro.
(   ) do caçador.
(   ) do leão.
(   ) da raposa.

02 – O burro “não conseguiu segurar um belo zurro de satisfação” quer dizer que o burro soltou um som de:
(X) alegria.     
(   ) desanimo.
(   ) dúvida
(   ) espanto.

03 – Para entender o texto, é preciso saber que o burro é um animal:
(   ) bravo.
(X) esperto.
(   ) tolo.
(   ) feroz.

04 – O burro assustou os bichos quando:
(   ) encontrou uma pele de leão.
(   ) estragou a pele de um leão.
(   ) segurou a pele de um leão.
(X) vestiu a pele de um leão. 
      
05 – Todos os bichos fugiam correndo porque tinham medo de:
(   ) burro.
(   ) caçador.
(X) leão.
(   ) raposa.

06 – O ponto de exclamação em “Mas aquele zurro bobo estragou sua brincadeira!”, indica que a raposa está:
(   ) chorosa.
(X) gozadora.
(   ) irritada.
(   ) quieta.



Nenhum comentário:

Postar um comentário