quinta-feira, 5 de julho de 2018

HISTÓRIA: DANÇA COM A LUA - COM INTERPRETAÇÃO/GABARITO


História: Dança com a lua

    Lisa e seus primos, David e Jonas, estão de férias na casa da tia Lúcia. Hoje à noite, eles decidem ir dormir sob as estrelas. Eles levam cobertores, lanternas e se acomodam em um campo próximo à fazenda. O rebanho de quatro vacas da tia Lúcia rumina, calmamente, no pasto ao lado. É noite de lua cheia. Tio Pedro disse às crianças que, quando é lua cheia, os duendes se reúnem em uma clareira. Nem Lisa nem seus primos acreditam nessas histórias de fadas e duendes, e decidem ir assim mesmo. Eles se aproximam por entre as árvores, e o que eles veem lá no meio? Formas estranhas se movem em silêncio na penumbra da noite. O que é isso? De repente, uma nuvem esconde a lua e os nossos amigos logo se veem na escuridão completa. Brrr…
        Eles não estão muito tranquilos. E se realmente existem duendes? Talvez seja melhor voltar para casa! Naquela hora, a lua reaparece e traz de volta a luz. As crianças enxergam melhor o que está acontecendo. E o que acontece é que eles dão uma boa risada: um monte de coelhos corre pelo chão. Coelhos? Sério? Lisa e seus primos não estão totalmente convencidos, mas preferem acreditar que sim. Amanhã de manhã, vão jurar que viram duendes dançando sob a lua.
MURAT, D’Annie. “365 histórias – uma para cada dia do ano!”.
Tradução de Martim G. Wollstein. Blumenau: Blueditora, 2010. p. 87.

Entendendo a história: 
01 – Quem narra a história acima?
a) a Lisa
b) a tia Lúcia
c) o tio Pedro
d) o narrador-observador

02 – Predomina no texto:
a) a descrição da casa da tia Lúcia.
b) a narração dos acontecimentos nas férias de Lisa e seus primos.
c) a exposição das opiniões dos personagens sobre os acontecimentos vivenciados.
d) a descrição do campo próximo à fazenda.

03 – Assinale a passagem que apresenta o fato que motivou a história:
a) “Lisa e seus primos, David e Jonas, estão de férias na casa da tia Lúcia.”
b) “[...] eles decidem ir dormir sob as estrelas.”
c) “O rebanho de quatro vacas da tia Lúcia rumina [...]”
d) “É noite de lua cheia.”

04 – O clímax da história ocorre quando:
a) “Tio Pedro disse às crianças que, quando é lua cheia, os duendes se reúnem em uma clareira.”
b) “Eles se aproximam por entre as árvores [...]”
c) “Formas estranhas se movem em silêncio na penumbra da noite.”
d) “[...] uma nuvem esconde a lua e os nossos amigos logo se veem na escuridão [...]”

05 – A situação problemática, em que Lisa e seus primos se encontram, começa a ser resolvida quando:
a) eles decidem voltar para casa.
b) a lua reaparece, iluminando o local.
c) eles começam a rir.
d) as crianças veem um monte de coelhos, correndo pelo chão.

06 – No trecho “Eles não estão muito tranquilos.”, o termo em destaque refere-se:
a) à Lisa e os seus primos.
b) aos coelhos.
c) aos duendes.
d) à Lisa e os seus tios.

07 – Na parte “Lisa e seus primos não estão totalmente convencidos, mas preferem acreditar que sim.”, o termo “mas” indica:
a) a comparação entre dois fatos.
b) a explicação de um fato.
c) a oposição entre dois fatos.
d) a conclusão de um fato.

08 – O texto foi escrito por meio de uma linguagem:
a) culta
b) coloquial
c) regional
d) técnica.






Nenhum comentário:

Postar um comentário