sexta-feira, 14 de setembro de 2018

MÚSICA: BURGUESINHA - SEU JORGE - COM QUESTÕES GABARITADAS


Música: Burguesinha
                                       Seu Jorge
Vai no cabeleireiro
No esteticista
Malha o dia inteiro
Pinta de artista

Saca dinheiro
Vai de motorista
Com seu carro esporte
Vai zoar na pista

Final de semana
Na casa de praia
Só gastando grana
Na maior gandaia

Vai pra balada
Dança bate estaca
Com a sua tribo
Até de madrugada

Burguesinha, burguesinha
Burguesinha, burguesinha
Burguesinha
Só no filé

Burguesinha, burguesinha
Burguesinha, burguesinha
Burguesinha
Tem o que quer

Burguesinha, burguesinha
Burguesinha, burguesinha
Burguesinha
Do croissant

Burguesinha, burguesinha
Burguesinha, burguesinha
Burguesinha
Suquinho de maçã

Burguesinha, burguesinha
Burguesinha, burguesinha
Burguesinha.

     Composição: Gabriel Moura / Pretinho da Serrinha / Seu Jorge
Entendendo a canção:
01 – De que trata esta canção?
      Ela retrata como é a vida padrão para as mulheres da classe média-alta da nossa sociedade.

02 – Existe na letra de música algum exemplo de estrangeirismo? Qual? Por que você acha que ele aparece no texto? Qual a sua aparente função? 
      Sim. Croissant. É um pãozinho de massa folhada que custa caro. Mostra que ela tem hábitos de quem tem excelente condições financeiras.

03 – Explique a importância da presença de tantos diminutivos e repetições neste texto: 
      A presença dos sufixos que indicam diminutivo expressam carinho, afetividade.

04 – O que é burguesinha? De onde vem essa palavra?
      Burguesinha vem de burguesia que era uma classe social (os burgueses) que surgiu no final da Idade Média e que se dedicava, sobretudo, ao comércio e que, por lidar com dinheiro, acabou ficando rica.
      A palavra burguês nem sempre é vista como positiva. No dicionário Aurélio, por exemplo, podemos encontrar uma entrada com uma conotação depreciativa: “Indivíduo sem elevação ou largueza de ideias, apegado a valores materiais, a hábitos e tradições convencionais.”

05 – Como é essa mulher que está sendo descrita na música?
      Parece uma mulher que tem muito trabalho e muitos compromissos.

06 – Que crítica o poeta faz as mulheres de nossa sociedade?
      Que é cada vez mais materialista e consumista, o que resulta na alienação das pessoas, formando suas tribos sociais, esquecendo do resto do mundo e às vezes da própria identidade.

07 – Por que o eu lírico repete no refrão a palavra burguesinha?
      Porque ela soa como a repetição de uma condição, a burguesinha sempre será burguesinha, geração a geração terá seus caprichos satisfeitos.

08 – Por que o autor da canção refere-se a personagem como burguesinha?
      A Burguesinha é uma mulher, provavelmente adolescente (vai pra balada com sua tribo), que não trabalha (malha o dia inteiro) e que vive uma vida desregrada, de futilidades (vai no cabeleireiro, no esteticista [...] vida de artista, saca dinheiro).
      É o tipo de pessoa vazia de sonhos e que vive pra gastar o dinheiro que tem.

09 – Para que o eu lírico utiliza o duplo da canção?
      Para descrever o estilo de vida superficial de uma mulher ao mesmo tempo em que exalta o perfil social da personagem.

10 – Que paralelos podemos traçar entre a personagem da música e os burgueses medievais?
      O acesso aos bens materiais e a uma vida confortável. Assim como os burgueses medievais a personagem da canção “tem o que quer”.

11 – O que a canção nos conta sobre a Burguesinha?
      Conta como é o cotidiano de uma mulher que só precisa de se preocupar com a própria aparência, com festas e em aproveitar a vida das maneiras mais diversas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário