quinta-feira, 28 de junho de 2018

MÚSICA: SENHAS - ADRIANA CALCANHOTO - COM QUESTÕES GABARITADAS


Música: Senhas
                           Adriana Calcanhotto

Eu não gosto do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto (2x)

Eu aguento até rigores
Eu não tenho pena dos traídos
Eu hospedo infratores e banidos
Eu respeito conveniências
Eu não ligo pra conchavos
Eu suporto aparências
Eu não gosto de maus tratos

Mas o que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto

Eu aguento até os modernos
E seus segundos cadernos
Eu aguento até os caretas
E suas verdades perfeitas

O que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto

Eu aguento até os estetas
Eu não julgo competência
Eu não ligo pra etiqueta
Eu aplaudo rebeldias
Eu respeito tiranias
E compreendo piedades
Eu não condeno mentiras
Eu não condeno vaidades

O que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Não, não gosto dos bons modos
Não gosto

Eu gosto dos que têm fome
Dos que morrem de vontade
Dos que secam de desejo
Dos que ardem (2x)

Eu gosto dos que têm fome
E morrem de vontade
Dos que secam de desejo
Dos que ardem (5x).
                                  
Entendendo a canção:
01 – Por que esta canção é considerada um manifesto?
      Nela percebemos a relação do homem com as estruturas sociais; com o meio; com suas paixões; com a arte e com suas verdades.

02 – Na letra da canção transcrita, o eu lírico opõe aquilo de que não gosta aquilo de que gosta. Explique em que consiste essa oposição.
      O que desagrada ao eu lírico são as atitudes “bem comportadas”, definidas pelo bom gosto, pelo bom senso e pelos bons modos. A elas, ele opõe as atitudes de pessoas que são movidas por seus desejos e que não se prendem a convenções sociais; são essas as pessoas de que ele gosta.

a)   Para se referir àquilo que lhe agrada, o eu lírico se vale da repetição de uma mesma estrutura sintática que poderia ser representada da seguinte forma: dos que. Essa estrutura contém dois termos que participam da estrutura sintática da oração principal. Que termos são esses e que funções sintáticas desempenham?
Os termos são dos e que.
O primeiro termo, equivale a “daqueles”, atua como objeto indireto do verbo gostar.
O segundo, constituído por uma oração subordinada adjetiva restritiva, atua como adjunto adnominal dos objeto indireto.

b)   A que termo o pronome relativo que se refere nessa estrutura?
Ao termo dos (de+os), que equivale a “daqueles”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário