sábado, 30 de junho de 2018

FILME: MORTE E VIDA SEVERINA - ZELITO VIANA - COM SINOPSE E QUESTÕES GABARITADAS


Filme: MORTE E VIDA SEVERINA

Data de lançamento 29 de junho de 1977 (1h 28min)
Direção: Zelito Viana
Gênero Drama
Nacionalidade Brasil

SINOPSE E DETALHES

        Baseado nos célebres poemas de João Cabral de Melo Neto, O Rio e Morte e Vida Severina. Um nordestino resolve tentar mudar de vida e vai em direção ao litoral e ao sudeste do Brasil, esperançoso de que no caminho não encontre mais a fome, a miséria e a opressão com as quais foi forçado a se habituar. No entanto, sua jornada provará que encontrar um novo começo é muito mais difícil do que parece.

Entendendo o filme:
01 – A personagem da “rezadora” fala das vantagens de sua profissão e de outras semelhantes. A sequência de imagens neles presente tem como pressuposto imediato a ideia de:
a)   Sepultamento dos mortos.
b) dificuldade de plantio na seca.
     c) escassez de mão-de-obra no sertão.
     d) necessidade de melhores contratos de trabalho.
     e) técnicas agrícolas adequadas ao sertão.

02 – A personagem do “retirante” exprime uma concepção da “morte e vida Severina”, ideia central da obra, que aparece em seu próprio título. Tal como foi expressa no excerto, essa concepção só NÃO encontra correspondência em:
a)   “Morre gente que nem vivia”.
b) “Meu próprio enterro eu seguia”.
     c) “O enterro espera na porta: o morto ainda está com vida”.
     d) “vêm é seguindo seu próprio enterro”.
     e) “essa foi morte morrida ou foi matada?”.

03 – De acordo com o filme. É possível identificar sua característica:
a)   Regionalistas, uma vez que há elementos do sertão brasileiro.
b) vanguardistas, pois o tratamento dispensado à linguagem é absolutamente original.
     c) existencialistas, pois há a preocupação em revelar a sensação de vazio do homem do sertão.
     d) naturalistas, porque identifica-se em Severino as características típicas do herói do século XIX.
     e) surrealistas, já que existe uma apelação ao onírico e ao fantástico.

04 – Assinale a alternativa INCORRETA sobre “Morte e Vida Severina”:
a)   Apesar das dificuldades que se anunciam para o filho do Seu José, a perspectiva do final do poema é positiva em relação à vida.
b) Existe no poema um grande contraste causado pelo nascimento do filho do Seu José em relação à figura da morte, presente em toda a obra.
     c) O adjetivo Severina, do título, tanto se refere ao nome do personagem central como às condições severas em que ele, como tantos outros, vive.
     d) A indicação auto de natal não se refere somente ao sentido de religiosidade, mas também à aceitação do poder de renovação que existe na própria natureza.
     e) Como em muitas outras obras de tendência regionalista, o tema central do poema é a seca nordestina e a miséria por ela criada.

05– Leia as seguintes afirmações sobre Morte e Vida Severina:
I – O nascimento do filho do compadre José é antagônico em relação aos outros fatos apresentados na obra, já que esses são marcados pela morte.
II – Podemos dizer que o conteúdo é completamente pessimista, considerando-se que a jornada é marcada pela tragédia da seca, o que leva Severino à tentativa de suicídio.
III – Mais do que a seca, as desigualdades sociais do Nordeste são o tema da obra.
Assinale a alternativa correta sobre as afirmações:
a)   Somente I e II estão corretas.
b) Somente I e III estão corretas.
     c) Somente II e III estão corretas.
     d) As três estão corretas.
     e) As três estão incorretas.







Nenhum comentário:

Postar um comentário