terça-feira, 29 de maio de 2018

FILME: GÊNIO INDOMÁVEL - GUS VAN SANT - COM INTERPRETAÇÃO/GABARITO


Filme: GÊNIO INDOMÁVEL

 Data de lançamento 20 de fevereiro de 1998 (2h 06min)
Direção: Gus Van Sant
Gênero Drama
Nacionalidade EUA

SINOPSE E DETALHES
        Em Boston, um jovem de 20 anos (Matt Damon) que já teve algumas passagens pela polícia e servente de uma universidade, revela-se um gênio em matemática e, por determinação legal, precisa fazer terapia, mas nada funciona, pois ele debocha de todos os analistas, até se identificar com um deles.

Entendendo o filme:

01 – Quais os principais sintomas emocionais apresentados por Will e quais sua hipóteses sobre a origem destes?
      Inseguro, imaturo emocionalmente, faltava-lhe inteligência emocional, rebeldia, agressividade... Tem sua origem no fato de ter ficado órfão muito cedo, culpa pela morte do pai e ter passado por lares adotivos, os abusos que sofreu nesses lares.

02 – Qual a história do filme?
      O filme narra a trajetória de um garoto pobre com a capacidade incrível de resolver os problemas matemáticos. Órfão Will mora em um quarto com três amigos inseparáveis. Will é ajudado pelo professor Lambeau que descobriu sua capacidade para a matemática.

03 – Em sua opinião por que o filme é intitulado “Gênio Indomável”?
      Porque Will é um gênio, mas não aceita o fato, se esconde atrás de uma máscara de um jovem rebelde e afasta todos os que tenta ajuda-lo, pelo medo que sente de que depois eles possa o abandonar, tornando uma pessoa indomável com um bloqueio social.

04 – Quem é o “gênio” do filme? Justifique sua resposta.
      Psicólogo Sean, que consegue fazer Will superar seus medos e ir atrás do que realmente vale a pena, fazendo Will ver o quão gênio ele é, e que ele é capaz.

05 – Quem é o “Indomável” no filme? Justifique sua resposta.
      Will por ele ser uma pessoa difícil de lidar com outras pessoas pelo bloqueio que ele mesmo criou e não deixar ninguém ajudá-lo.

06 – Cite um trecho do filme (um ponto alto) onde se pode notar explicitamente a Psicologia da Educação atuando.
      Quando Sean o psicólogo consegue “domá-lo” reeducando-o e fazendo com que ele acreditasse em si mesmo, e fazendo ele enxergar que nada do que tinha acontecido até ali era culpa dele, e que pra ele ir além só bastava ele querer e acreditar em sua capacidade e foi isso que ele conseguiu fazer.

07 – Como a Psicologia da Educação atuou na vida do “Gênio Indomável”?
      Reeducando Will por meio da educação formal e sessões psicoterapêuticas, eliminando primeiro seu medo interior, ensinando Will a tomar decisões que mudariam para sempre sua vida. Fazendo com que Will saísse do seu mundo em que vivia e procurar novos horizontes um novo conceito de viver.

08 – Qual a parte do filme mais lhe chamou a atenção e por qual motivo? Narre em breve linhas.
      A parte em que o psicólogo Sean repete por diversas vezes na cara de Will que ele não era culpado de nada do que tinha acontecido até aquele momento, e é essa hora que Will mostra quem realmente ele é, um menino sensível e que só queria uma oportunidade. Então Will abraça Sean chorando muito. A vida muitas vezes nos obriga a ser e agir de uma forma em que achamos que estamos protegidos, mas nem sempre essa é a forma correta.

09 – Você acredita na capacidade de um professor em mudar a vida escolar e até mesmo particular de um aluno?
      Sim.

a)   Por quê?
Querendo ou não todo professor tem esse poder vai dele saber usá-lo ou não, o poder de influenciar na vida do seu aluno. Ele guia seu aluno para o melhor caminho, mas é seu aluno que decide se vai seguir ou não.

10 – Quais as principais lições podemos aprender com o filme?
·        Receber ajuda não é uma vergonha...
·        ... E é corajoso baixar a guarda.
·        Escolha bem as pessoas que te cercam.
·        A educação pode vir de qualquer lugar.
·        Devemos parar de nos preocupar com que os outros dizem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário