sábado, 11 de abril de 2015

PROJETO: "O PRAZER DE LER COM AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS"

PROJETO: "O PRAZER DE LER COM AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS"


"Nas escolas em circulam diversos tipos de textos, livros, jornais, revistas e quadrinhos, os alunos leem e escrevem mais rapidamente e se tornam capazes de buscar as informações de que necessitam."
(Marcelo Campos Pereira)


 Justificativa

O presente projeto foi idealizado para que os alunos do 1º ano/9 anos, tenham prazer pela leitura. Este gênero literário colorido, ilustrado e cheio de recursos gráficos estimula a curiosidade e a diversão.
Os quadrinhos são uma excelente opção para incentivar a leitura de quem está entrando no mundo das letras. A começar pelos personagens, que, por si só, são atraentes para as crianças.
Afinal estão presentes em brincadeiras, jogos, roupas, embalagens, peças de teatro e desenhos na televisão.
As imagens aparecem associadas a textos coloquiais e permitem que a criança antecipe o enredo e atribua sentido à história, mesmo sem saber ler, pois a utilização de balões faz com que somente de olhar seja possível saber se um personagem está pensando, gritando, ou conversando. E com estas informações, fica fácil o texto.

Objetivo geral
Estimular as crianças o prazer de ler, formando assim leitores competentes.

Objetivos específicos
  • Leitura e manuseio de histórias em quadrinhos;
  • Valorização da leitura como fonte de prazer e cultura na escola e em casa;
  • Envolvimento de alunos, escola e pais em situações de leitura;
  • Acionar estratégias de leitura que permitem descobrir o que está escrito onde (seleção, antecipação e verificação);
  • Estabelecer correspondência entre a pauta sonora e a escrita do texto;
  • Usar o conhecimento sobre o valor sonoro das letras (quando já sabido) ou trabalhar em constante estimulo ao uso do valor sonoro quando ainda não é sabido, alterando imagem e som;
  • Textos poéticos, parlendas, quadrinhos e canções.


Desenvolvimento

Em roda de conversa com os alunos  perguntar quais personagens elas conhecem. Discutir as principais características de cada um e apresente informações comportamentais e físicas;
Mandar um bilhete aos pais, para falar com eles sobre a importância do projeto. Convidá-los a participar com doações de gibis para o acervo da turma;
Ao receber as doações, catalogar e organizar os gibis por títulos para ficar mais fácil, para animar a garotada e controlar os empréstimos;
Fazer carteirinhas para todos (clube do gibi);
Aproveitar os momentos de organização do acervo para ensinar a manusear o material corretamente: as páginas devem ser viradas com cuidado e   com as mãos limpas, não rasgar nem amassar. Explicar que é preciso se comprometer a devolver o gibi na data estipulada para que os outros colegas possam ler depois;
Preparar copias das capas dos gibis para toda a turma assim falar sobre cada um, assim todos farão uma observação minuciosa das expressões fisionômicas dos personagens e dos detalhes das cenas. Chamar a atenção para o formato dos balões e as onomatopeias, depois de analisar perguntar: "O que será que vem no próximo?", assim estimular as crianças a antecipar o enredo. Depois, leia o trecho completo para a turma;
Para leitura compartilhada, distribuir copias de algumas histórias para que todos possam ler em duplas ou em trios;
Depois que a turma conhecer algumas histórias com segurança, escolher uma e recortar os quadrinhos e embaralhá-los. Organizar a sala em grupos e distribuir um montinho para cada um. O desafio é remontar na ordem correta;
Repita os momentos de leitura várias vezes durante a semana - o ideal é fazer disto uma atividade permanente durante o ano. É hora de convidar os pais que se dispuser a vir à escola para poderem ser leitores ou simplesmente ouvir a história na roda;
Fazer com os alunos leituras em vários lugares da escola, e também colocar pufs e deixá-los curtir os quadrinhos à vontade.

Avaliação

Observar em todo tempo durante e depois dessas atividades se as crianças buscam espontaneamente a leitura de gibis e com que frequências, se comentam as histórias preferidas e se adquiriram o hábito de levá-los emprestado para casa.
Observar cada etapa se foi bem trabalhada caso tenha necessidade, buscar alternativas para o sucesso do projeto.

Recursos materiais:
Gibis variados;
Papel A4;
Televisão;
Som;
Tapetes.

Referência bibliográfica:
Guia do Educador "Alfabetização", ano 2, nº 3, 2009.
Nova Escola, ano XXII, nº 200, dezembro de 2007.
Como Utilizar as Histórias em Quadrinhos na Sala de Aula, ed. Contexto.



Nenhum comentário:

Postar um comentário